terça-feira, 9 de novembro de 2010

Meu esprírito é psicótico, ultimamente, sente que está sendo perseguido pelo mal.

A exposição é uma morte lenta

Cada vez que me exponho aqui e nas redes sociais eu morro um pouco. Simplesmente deixo de ser eu e passo a ser um passado revisistado por seres virtuais. Na maioria das vezes cito, mostro, apelo para outras vozes, é mais fácil, menos doloroso do que mostrar o meu lado canalha.